domingo, 6 de maio de 2007

A cinza das horas

Andei passando pelas ruas hoje à tarde... Estava cansado de estar dentro de casa, sem conversa, sem companhia... Mudei as plantas de lugar, fumei por todos os cantos, lavei roupas, arrumei a casa, saí para passear, queria na verdade encontrar alguém, poder conversar, sentir o calor humano. Ando meio triste nos últimos dias, mas ninguém percebe, ainda está dando pra esconder e bem na verdade eu não estou afim de mostrar pra ninguém, apenas gostaria de ter um colo amigo, poder chorar as faltas que sinto, a saudade de minha mãe... Mas andei plas ruas, não encontrei ninguém e o meu sentimento de solidão aumentou, pois pelo menos em casa eu estava sozinho mesmo, e não sozinho na multidão das ruas.

Nenhum comentário:

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas