quinta-feira, 10 de maio de 2007

Visita a saudade

Aquele desejo infinito de estar... Como se faltasse algo e o dia apesar de lindo, poderia ter mais pássaros, mais cores. Ouvindo a Sade, pensando bastante na minha vida, no que quero, lembrando um pouco do passado... Sou româtico, não tenho como não pessar um pouco no que passou... Gosto de ouvir boa música... É como se eu tivesse o poder de voar, de viajar por mundos, corpos... Minha alma parece sentir que algo vai acontecer e acaba influindo meu corpo, minha cabeça... Hoje por exemplo irei viajar fisicamente e aí é que me transmuto, me transformo, transbordo. Meu coração dispara e meu pensamento viaja a quilômetros-luz. Vou visitar a saudade, vou tentar diminuí-la, sei que é difícil, mas estarei indo, resistente, persistente.

Nenhum comentário:

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas