quarta-feira, 10 de setembro de 2008

confuso


Um mundo tão grande,

o oceano tão profundo,

E tamanha tristeza...

São vontades não realizadas,

desejos não correspondidos,

sonhos desiludidos,

amores não contemplados,

poemas não lidos,

palavras não ditas,

gritos não dados,

lágrimas não derramadas.

Estou me perdendo, estou me deixando passar, esquecer.

Não estou sendo eu mesmo ou estou?

Confuso.

Não sei o que dizer, o que conversar, o que explicar.

Nenhum comentário:

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas