quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Leitura - análise de mim.

Bom, passada a bebedeira do meu primeiro selo - Obrigado Samantha mais uma vez. Estou de volta para postar algo. Estava pondo uma poesia, quando decidi guardá-la para um outro momento, pois preciso comentar aqui algo que uma pessoa anonima deixou em meu blog. Não é a primeira vez que essa criatura passa por aqui e claro que morro de curiosidade em saber que é, apesar de as vezes pensar em alguém, mas isso não vem ao caso. das coisas que escreveu, destaquei a trecho a seguir:

"... mas que também me fazem pensar se perdeu alguma paixão ou que ainda a procura, como se de repente pudesse ressurgir ou surgir uma paixão... que o tire de seu terreno, que te deixe desarmado..."
***
Realmente pessoa que escreveu, creio muito no amor, na possibilidade de amar, de me apaixonar, de conhecer alguém que mude a minha história, que me faça crescer e cresça comigo, que tenha senso de humor, que me dê colo, que seja tudo que tiver de ser, mas que esteja comigo. Quero me apaixonar sim, mas não quero que ela se acabe com o despertar do dia, ou depois que eu tomar um analgésico para dor de cabeça. Estou aqui pronto (mesmo que não esteja tenho que afirmar) para viver. E acho que você foi bem sábio na interpretação de minhas palavras.
E para não ficar só por aqui, decidi mostrar a poesia que iria postar.
Embebedado de ti, escorro
Passo não passo e rio contente
Palavras ousadas pronunciadas ao pé do ouvido
E derreto, espanto os pelos do corpo
Tua mão esquerda sobre meus cabelos
E a outra desliza leve indagando minhas partes
Tua língua molhada e quente fala à minha pele
Teus dentes maltratam divinamente
Tu me sorve, me condensa
Me faz livre.

4 comentários:

_Santiago disse...

o que dizer?
eu te acho fascinante escrevendo.
e eu desejo muito a exteriorização destes versos, me entende?

abraços

=)

Zingador disse...

Claro que entendo meu querido.
Abraço perfumado

Van disse...

Genteeeemmmmm, que calor heim?
Affff! Santa bebedeira!
=)))))))))))))))

Beijucas

samantha disse...

Nusssss perdi as palavras diante do que li, do frio na espinha que senti, da boca seca e do coração disparado afffffffff
Amado, desejo a você todo a felicidade e todo o amor que couber aí dentro de seu peito. Te quero tanto bem...
beijão

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas