sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Atenuar

Todo o tempo do mundo.
O caos se faz presente
e necessário.
A confusão, a agonia,
o presente é o caminho torto.
Aprendemos,
vivemos,
envergamos,
quebramos,
consertamos.
Percebemos o quanto somos grandes.
Revertemos fatos,
conquistamos pessoas,
delineamos lugares a percorrer,
a vida de reforçar o traço
ou apagar, esquecer.
O dia-a-dia, passo-a-passo.
O pensamento no bom,
a cabeça no ato, planejado,
decomposto antes do acontecido,
mas no dia.
A ventania passa,
a tempestade chega,
o sol raia
e somos nós, seremos.
Finalmente humanos.

3 comentários:

SUSANA disse...

Que lindo este texto!

.raphael. disse...

Que maravilha para se ler logo de manhã, quando se levanta! Inspirador! Belo!
abraço

Afobório. disse...

olá.
acho que o tempo, a agonia e a confusão são parte do quen fazemos todo dia: viver.

sorte e luz, belo texto.

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas