quinta-feira, 3 de julho de 2008

e vem aí...

Passaram-se anos difíceis, estive inerte, deixado um tanto de lado, preocupado demais por causas que não eram minhas... Aprendi! Sempre em contato com meu interior agora mais do que nunca, sei o quanto tenho de emanar forças de mim para mim, e ser agente transformador de energias externas, quaisquer que sejam, em bons combustíveis para a minha força motora e psiquica. Estou deixando minh´alma velha mais à mostra, me preocupando menos com os cabelos que caem e deixam a mostra minha calvice. Estou dando valor as pessoas certas, estou escrevendo mais, amando mais as coisas simples. Estou vidrado, em meus olhos vê-se claramente a minha vontade de beijar, mas não consigo tocar os lábios de outrem. Em preto e branco desenhou-se, pintou um céu azul, árvores verdes frondosas, um lago cristalino cheio de cor embaixo, mas dentro de si batia um coração, propulsando um vermelho intenso, mas poucos podiam ver. Não quero a certeza, tudo se tornaria muita chato... Quero a dúvida, a indagação e mais que isso, quero o novo a cada instante...

Nenhum comentário:

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas