quarta-feira, 30 de julho de 2008

Olhando o jornal

Sentado no banco de praça, olhar já cansado por causa do tempo vivido, das letras miúdas do folhetim, das notícias batidas...
Vez ou outra levanta o olhar, espia quem passa, segue, volta ao jornal, depois torna a olhar os passantes.
Imagina coisas, subverte outras, ri sozinho e volta a ler.
Um olhar que muito viu, mas que pára ao notar uma criança que brinca com uma bola de futebol, acha graça disso, dá mais uma olhadinha no jornal, dobra-o e põe debaixo do braço e sai, olhando ainda o menino e sua bola.

Um comentário:

Ana Paula Custodio disse...

Sabe de uma coisa Seu
Vou lhe jogar no meu baú
Vivo e mágico
Com as coisas boas que tem lá...
[Vanessa da Mata - Baú]

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas