terça-feira, 15 de julho de 2008

Pensamento

Perdido num acaso de emoções, exaurindo uma energia que desperta boas opiniões em quem ouve e vê. Saí por aí porque precisava encontrar uma essência, ou mesmo, minha essência, como se ela estivesse confusa, perdida. Passei por caminhos monótonos, já outros cheios de turbulências, mas também um tanto chatos. Encontrei pessoas interessantes, desinteressantes, angustiantes e apaixonantes. Algumas me tocaram, outras se aproximaram mais, outras não quiseram pagar pra ver, nem mesmo se doar. Cantei enquanto pensava, pensei enquanto cantava, falei sem pensar e pensei ao falar, perdi chances de concertar, outras vezes concertei o que outros fizeram por perceber que poderia ter sido eu. Andei de ônibus sem foco algum, assim como também fiz refeições maravilhosas sem perceber o que havia ali, de tão longe que andava meu pensamento. Sempre falo de meu pensamento de uma forma meio que respeitosa e com medo, existe uma adoração por parte de mim pra ele, porque fico besta quando penso tanto de forma tão ágil, que acabo me surpreendendo comigo mesmo... Não é narcisismo, mas não posso ser modesto dentro da minha loucura, do meu pensamento. É como num jogo de cartas, existe a sorte sim, mas tem que haver uma estratégia, mas no meu caso é orgânico, automático, como falei anteriormente em perder o foco, mas é algo que você faz com tanta freqüência, que vai, sem ver, sem entender ou até entendendo, mas sem aquele tato de controle. È difícil desligar, para mim penso até ser impossível, porque quando quero parar de pensar, mais penso, penso. Quando me deito, começo a rezar, existem duas orações sendo proclamadas, uma internamente e outra em subconsciente que sinto. E mesmo quando penso em encontrar algo, que penso em buscar, sei que as respostas estão dentro de mim, na minha essência que insiste em pensar. É a minha sintonia, não sai do ar, vive a pensar.

Nenhum comentário:

Novos espaços, outros cantos


Cabeças Cortadas Universo de Retalhos - Parceria com minha irmã Danielle Freitas

Parte de mim - o que vira escrita...

Os que me olham, me sentem e me acomapanham

Contador de visitas

Contador de visitas